Mafra(SC), Quinta-Feira, 30 de Junho de 2022 - 04:44
27/11/2021 as 02:14 | Por Sinval Campelo |
Irmãos mafrenses vão jogar nas categorias inferiores do Palmeiras e Corinthians em 2022
Jovens desembarcam em São Paulo no inicio de ano para atuar no futebol de campo sub 20 e sub 15
Fotografo: divulgação
Danilo e Emmanoel na escolinha em Mafra-sbcsul.27.11.21

Para todo menino que sonha ser jogador de futebol a caminhada precisa começar logo cedo, nas escolinhas de futebol ou de futsal porque é lá que esses jovens aprendem a desenvolver a coordenação motora, a trabalhar em equipe e ser competitivos. Em Mafra, por exemplo, o começo geralmente é na escolinha do Luizinho futsal ou na escolinha do Rafinha Cavalheiro. 
 
 
E foi dessa base que dois irmãos mafrenses saíram e estão indo para São Paulo em 2022 para participar das categorias sub 15 e sub 20 no time do Corinthians e Palmeiras. Os garotos Danilo Vinicius (18 anos) e Emmanoel Patrick Zippel Padilha (15 anos) começam a viver um sonho de criança. Depois de participar das escolinhas de futebol em Mafra, inclusive o goleiro Danilo tendo jogado  pelo departamento municipal de esportes de Mafra, no domingo, 21, ambos participaram de uma peneira em Almirante Tamandaré e pelo bom desempenho em campo foram chamados para ficarem uma semana no centro do futtetalentos e de lá voltaram para passar o fim de ano com a família e arrumar as malas para no início do ano de 2022 desembarcarem em São Paulo e defenderem as cores do Corinthians e Palmeiras.
 
 
Danilo Vinicius  e o irmão Emmanoel Patrick agradecem a oportunidade dada pelos treinadores de Mafra que nunca desistiram deles. Danilo atua no gol e Emmanoel é lateral direito.
 
 
 
-Agradecemos também a Futtetalentos por acreditarem em nosso potencial- pontuam os dois irmãos.
 
 
Danilo diz ainda que, resolveu seguir a carreira de goleiro porque sua mãe Kelly Fátima e seu pai já falecido, Valter Luiz Padilha, que também era goleiro e seu padrasto Benedito Dimas Santana o incentivaram muito a deixar o frio na barriga pra lá e encarar o desafio dos campos de futebol.
 
 
- Sem o apoio deles seria difícil correr atrás dos sonhos, sem esse apoio não teria conseguido e eu e meu irmão vamos honrar esse esforço e lutar muito- concluiu Danilo.
 




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil