Fotografo: divulgação
...
Família Bolsonaro-25-03-19

È OU Não È...e o PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro está  em crise e sob suspeita de desviar verba pública por meio de candidaturas laranjas nas eleições de 2018, com isso os filhos do presidente  negociam migrar para um novo partido, que está em fase final de criação. Trata-se da reedição da antiga UDN (União Democrática Nacional).

 

A iniciativa dos filhos do presidente  Bolsonaro,  de trazer a tona  a UDN  novamente para cena política, deixa militares apreensivos e eles não concordam com a ideia, mas o  deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) se reuniu na semana passada em Brasília com dirigentes da sigla para tratar do assunto. Ele tem urgência em levar adiante o projeto. Eleito com 1,8 milhão de votos, Eduardo teria o apoio de seu irmão, o vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ). Com esse movimento, a família Bolsonaro buscaria preservar seu capital eleitoral diante do desgaste do partido.

 

O objetivo de criar uma nova sigla partidária seria afastar a família Bolsonaro dos problemas do PSL. A UDN pretendida pelo clã Bolsonaro seria um projeto político de aglutinar lideranças da direita nacional identificadas com o liberalismo econômico e com a pauta nacionalista e conservadora. Um super partido de direita.

 

Em visita aos EUA na semana passada, o deputado federal  Eduardo Bolsonaro fechou com Steve Bannon, ex-assessor do presidente americano Donald Trump, como o representante na América do Sul do The Movement, grupo que reúne lideranças nacionalistas antiglobalização.

 

A nova UDN é um dos 75 partidos que está sendo analisado a sua  liberação de criação pelo TSE. Segundo seu dirigente, o capixaba Marcus Alves de Souza, são necessárias 497 mil para a homologação da legenda. O partido já tem CNPJ e diretórios em nove Estados, incluindo Santa Catarina.

 

 

Em Criciúma, no último sábado, 23, o advogado Julio Cesar Lopes reuniu um grupo de lideranças do litoral do estado para criação da UDN. O grupo descartou ser a nova sigla um partido ultraconservador e  sendo um partido  “ preconceituoso” como apontam partidos de esquerda.

_   "O preço da liberdade é a eterna vigilância"  diz Julio Lopes, citando frase de Thomas Jefferson. O político deixa seu celular para contatos, através do SBCSul caso alguém da região do Planalto Norte queira criar a UDN em seu município... (48) 91740468 (whats).