Fotografo: divulgação
...
Gilberto Eggers

A região sul do país se prepara para dar um salto em termos de energia elétrica sustentável. O presidente da ELETROSUL, Gilberto Odilon Eggers, comanda as negociações com grupo chinês  Shanghai Electric, o que acarretará na transferência da participação da estatal em um conjunto de projetos de transmissão de energia na região Sul para a companhia chinesa, o que irá proporcionar uma qualidade de expansão de energia a cerca de 2,1 quilômetros de linhas de transmissão e oito subestações, entre os três estados SC,RS e PR.
 

 

Os projetos estavam em fase de espera desde 2014 e com a chegada de Eggers à presidência da ELETROSUL em março deste ano, a roda de engrenagem da estatal, que estava ameaçada de extinção por parte do governo federal, começou a dar indicativos de que vai acelerar.  Os investimentos propóstos chegam a marca de R$ 3 bilhões e vão gerar 10 mil empregos diretos e indiretos.

 

- É uma prioridade absoluta da Eletrosul, fecharmos estas negociações -destacou o presidente Gilberto Eggers.

 

Gilberto Eggers
O economista Gilberto Odilon Eggers, novo presidente da Eletrosul-Centrais Elétricas do Sul, subsídiária da Eletrobrás,  sucedeu o engenheiro Márcio Zimmerman. Eggers já atuou como gerente da agência da Celesc, de Mafra nos anos de 2000 a 2008. Entre 2009 e 2011, foi diretor de Gestão Corporativa e, no período de 2013 a agosto de 2016, esteve atuando em Florianópolis na Diretoria Comercial da Celesc.


Gilberto Eggers foi empregado de carreira da Celesc desde 1989. São 25 anos dedicados a área de energia elétrica. Desde setembro de 2016, respondia pela Diretoria Administrativa da Eletrosul. Formado em Ciências Econômicas pela Fundação Faculdade Municipal de Administração e Ciências Econômicas de União da Vitória (PR), possui pós-graduação em Administração pela Universidade do Contestado e especialização em Desenvolvimento Empresarial pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).