Mafra(SC), Quarta-Feira, 10 de Agosto de 2022 - 13:35
03/08/2022 as 22:38:39 | Por Redação |
Trânsito sofre alterações no centro de Mafra próximo à Praça Hercílio Luz
SBCSul ouve opinião de moradores sobre mudanças no trânsito
Fotografo: divulgação
Mudanças realizadas..sbcsul.3.8.22

O trânsito nas ruas centrais de Mafra, na Praça Hercílio Luz  e na rua Vitorino Bacelar está sofrendo algumas alterações em razão de acidente que danificou o semáforo do local e das obras de esgotamento sanitário que chegaram à essa região.

Para tentar amenizar as dificuldades observadas no fluxo de veículos no local, o departamento de trânsito da Prefeitura Municipal mudou o sentido da Avenida Frederico Heyse, ao lado do prédio da antiga Prefeitura, na Praça Desembargador Flávio Tavares, transformando-a numa mão inglesa exclusiva para veículos leves.

Agora, com essa mão inglesa, os motoristas que seguem pela rua Vitorino Bacelar,  podem virar à esquerda  exclusivamente para quem quer chegar à Rua Gabriel Dequech, conhecida descida do Bradesco.  Podem ainda seguir em frente para irem à Vila Ivete ou ao alto de Mafra. Para quem vem da Av. Frederico Heyse e quer se dirigir à Vila Ivete, deve se manter na faixa central, ao lado da antiga prefeitura.

 

Preferência para quem vem pela Av. Frederico Heyse

Outra mudança acontece no  cruzamento da Av. Frederico Heyse com a rua Gabriel Dequech. Para quem vem da Vila Ivete e quer contornar a o prédio velho da prefeitura para acessar a descida do Bradesco, que até então era preferencial, agora deve dar preferência para quem vem pela Av. Frederico Heyse.

O departamento de trânsito da Prefeitura solicita a máxima atenção e compreensão aos motoristas que trafegam por essa via, pois as alterações estão sendo feitas para a melhoria do trânsito no local que passa por importante obra de saúde pública.  

 

Opinião dos mafrenses

O SBCSul ouviu moradores que costumam utilizar a rua Felipe Schmidt para fazer compras e sobre as mudanças no trânsito. A maioria das pessoas dizem estar cientes de que o transtorno causado é necessário e que as medidas  tomadas pela Prefeitura estão corretas, embora haja desconfiança de que motoristas que venham do município de Rio Negro não respeitem a sinalização e se recusem a fazer os contornos para entrar nas vias principais.  

 

 

--




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil