Mafra(SC), Quinta-Feira, 30 de Junho de 2022 - 04:14
05/06/2022 as 16:22 | Por Sinval Campelo |
Suspeita de falsidade em ações impetradas por advogado na 2ª Vara de Canoinhas
Advogado do PR teria ações na justiça de Canoinhas assinada por pessoa falecida
Fotografo: divulgação
Fórum de Canoinhas-sbcsul.5.6.22

A  Polícia Militar de Canoinhas, recebeu denúncia de uma pessoa, dela estar sendo vítima de um ato promovido por um advogado que ela desconhece e nega ter dado a ele procuração  para representá-la na 2ª Vara de Canoinhas. A PM acionou o fórum da cidade e a juíza da 2ª Vara Cível, Marilene Granemann de Mello, informou que a denúncia se encontra sob investigação e que o advogado seria do Estado do Mato Grosso do Sul. De acordo com o site JMais, a juíza fez uma pesquisa e apurou que só na 2ª Vara de Canoinhas o advogado possui cerca de uma centena de processos em andamento. Foram determinadas providências para investigar a autenticidade das procurações referentes aos processos que ele possui ativos na Vara.

Outros casos que causam estranheza foram de que, nesta semana dois casos de procurações que teriam sido assinadas em dezembro de 2021, mas uma das pessoas havia falecido mais de um ano antes, e o outro, estava morto há mais de um mês. Estes dois casos remetem a um procurador com endereço em Paranavaí (PR). A juíza de Canoinhas informou que o fórum está tomando as providências devidas e fazendo um levantamento de todos os processos ativos impetrados pelo advogado paranaense e também notificando a OAB, para que apure responsabilidades.

-Essas situações são particularmente lamentáveis, seja porque denigre um trabalho de elevada importância, como a do advogado, que segundo a própria Constituição Federal é imprescindível à Administração da Justiça, seja porque atinge uma parcela da população em sua maioria vulneráveis, como beneficiários do INSS, - diz a juíza Marilene Granemann de Mello.




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil