Mafra(SC), Quinta-Feira, 30 de Junho de 2022 - 04:39
09/06/2022 as 18:54 | Por Sinval Campelo |
Pais rejeitam apostilas e Jonas Dentista diz “mal uso do dinheiro público e eu vou acompanhar isso!"
Jonas Dentista quer que Prefeitura devolva material didático que não será utilizado e reveja pagamento
Fotografo: divulgação
Jonas Dentista em vídeo...sbcsul.09.6.22

O prefeito de Mafra, Emerson Maas (Podemos) amargou uma derrota estrondosa na noite de segunda-feira, 6, quando pais de alunos se reuniram em assembleia e rejeitaram a intenção da Secretaria Municipal de Educação de trocar apostilas educativas do programa Positivo  instituídas pelo CEMMA – Centro de Educação Municipal de Mafra, há 27 anos com sucesso, para um novo sistema de ensino, com apostilas recém adquiridas pela Prefeitura no valor de R$ 2.541.712,60. A compra das novas apostilas já havia sido questionada pelo vereador Jonas Schultz (Jonas Dentista-PSDB) em abril deste ano, tanto pelo valor considerado desnecessário pelo edil por haver outras urgências na área da educação, como melhora na infraestrutura das escolas, quanto a valorização do professor, com uma maior reposição salarial, em vez da compra de 4.700 novas apostilas por parte da Prefeitura

-Exemplo de democracia..., pais unidos naquela assembleia realizada na escola CEMMA para manter a qualidade do ensino dos filhos..1.150 alunos do CEMMA não querem a mudança de sistema do ensino e em time que está ganhando não se mexe...- disse Jonas Schultz, parabenizando a todos.

Além dos pais dos alunos do CEMMA colocarem em dúvida a qualidade do conteúdo do ensino contido das novas apostilas, o problema agora está no empenho realizado pela Prefeitura para pagar as novas apostilas. Jonas Dentista quer que, do valor acertado para pagamento, seja descontado o número de 1.150 apostilas que seriam utilizadas pelos alunos do CEMMA e que eles não querem.

-Desde o início isso não me cheirou bem...valor alto, uma só empresa participando da licitação...a quem interessa isso tudo? – cutucou Jonas Schultz se referindo que, a Secretaria de Educação do Município antes de comprar novas apostilas já quase no meio do ano educacional, deveria ter consultado pais e alunos sobre a mudança pretendida e não querer por colocar “goela abaixo”.

-...mesmo contra a pressão dos que se dizem donos da educação..., parabéns pais do CEMMA por lutarem pela qualidade de ensino dos seus filhos – disse Jonas Schultz e ainda alertou ao prefeito Maas – “mal uso do dinheiro público...e eu vou acompanhar isso !!”.

 




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil