Mafra(SC), Quarta-Feira, 10 de Agosto de 2022 - 14:26
02/08/2022 as 21:20 | Por Sinval Campelo |
No segundo dia de atuação em RioMafra, ônibus de transporte coletivo é guinchado
O que sabemos então e os outros não falam...
Fotografo: divulgação
ônibus da Expresso Presidente no centro de Rio Negro-sbcsul.2.8.22

É ou não é...está cada vez mais difícil acreditar que Mafra e Rio Negro algum dia terá transporte coletivo de primeira linha, até mesmo porque, como diz o prefeito de Mafra e também presidente do Conselho Intermunicipal de Mobilidade Urbana (CIMU) Emerson Maas, os custos da empresa que gerencia o transporte coletivo é alto e se os usuários não utilizarem com bastante frequência os ônibus, a Viação não vai poder cobrir as despesas que tem com manutenção, combustível e funcionários.

O SBCSul divulgou na noite de domingo, 31, com EXCLUSIVIDADE, que o CIMU havia acertado com a empresa Expresso Presidente, do município de Presidente Getúlio (SC) e que a frota era nova, cheirando a modernidade e que iria deixar os usuários do transporte coletivo de passageiros de RioMafra satisfeitos. O prefeito Maas chegou a dizer que os ônibus possuíam conexão de internet via wifi e que estaria tranquilo com relação à empresa, muito embora deixou claro que reclamações dos passageiros do transporte coletivo de RioMafra podem apresentar suas indignações e duvidas direto na Ouvidoria das duas Prefeituras assim como direto à direção da empresa Expresso Presidente.

 

Leia também sobre esse tema - https://www.sbcsul.com.br/noticias/conteudo/fim-da-polemica-expresso-presidente-administrara-o-transporte-coletivo-de-passageiros-em-riomafra/118236

 

O que sabemos então e os outros não falam...

Sabemos que a população de Indaial (SC) amanheceu sem transporte coletivo e escolar no dia 4 de julho de 2022.O contrato era com a empresa de ônibus Expresso Presidente Getúlio, a mesma que agora está operando em Mafra e Rio Negro e que teve contrato rescindido pelo poder público, após a viação ter mostrado desinteresse em continuar operando em Indaial.

Cerca de duas mil pessoas foram afetadas, do nada, incluindo as crianças que ficaram sem transporte escolar.  A companhia operava seis linhas urbanas regulares. Em Mafra irá operar em todas as linhas que estavam em vigor e eram exploradas pela Norte Sul, por período emergencial de 180 dias. O prefeito Maas não se posicionou a respeito, mas a informação extraoficial que o SBCSul obteve é de que,  tanto a Prefeitura de Mafra quanto a de Rio Negro irão subsidiar em partes, o transporte coletivo.

Ainda sobre a Expresso Presidente, ontem (segunda-feira) um dos seus carros teve problemas, por volta das 20h40. O pane ocorreu na parte mecânica do ônibus, segundo informações de pessoas que estavam no local. O veículo teve que ser guinchado para a garagem. Nesta terça, 2, usuários reclamaram ao SBCSul que ônibus tiveram problemas em diversas linhas em Mafra, não foi comentado se a causa era mecânica ou falta de combustível. Cenas que se repetem e lembram os ônibus da Norte Sul.

Começou “bem” a Expresso Presidente !!!




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil