Fale Conosco
(47)997532591

Mafra(SC), Terça-Feira, 16 de Abril de 2024 - 14:59
Moeda
Dólar - BRL 5.2658
Libra - BRL 6.5414
Euro - BRL 5.5932
Bitcoin - BRL 209250,95

21/02/2024 as 05:57:24 | por Sinval Campelo |

Morador de rua é contratado por empresa terceirizada da Prefeitura de Criciúma

Ele receberá R$ 1,7 mil e auxílio alimentação

Fotografo: divulgação
...
Sem Legenda
A atitude do prefeito de Criciúma (SC), Clésio Salvaro (PSD), o qual publicou em suas redes sociais na 2ª feira (5 fevereiro de 2024) um vídeo em que mostra o momento em que manda um homem em situação de rua ir “capinar” e “cortar grama” viralizou nas redes sociais. Recentemente, no dia 18 de fevereiro, o prefeito postou o resultado de sua iniciativa de reintegração do morador de rua Marcos no circulo da dignidade, através do trabalho.
 


Na verdade o que o prefeito fez foi oferecer uma oportunidade de trabalho para o morador de rua Marcos, o qual estava embriagado naquela ocasião dormindo na calçada, quando foi abordado pelo prefeito e equipe da Ação Social de Criciúma. Clesio Salvaro foi bem claro de que, não quer morador de rua na cidade e se as pessoas buscarem ajuda da Prefeitura vão receber, do contrário, o prefeito diz que procurem outro município. 
 
De acordo com o secretário de Assistência Social e Habitação, Bruno Ferreira, o homem deve receber R$ 1,7 mil e auxílio alimentação. “No período da noite ele vai ficar em comunidade terapêutica fazendo tratamento e durante o dia ele vai trabalhar em uma empresa terceirizada do município”, disse o secretário. 
 
 
Essa experiência mostra como uma simples oportunidade pode transformar a vida de alguém que estava em situação de vulnerabilidade. Marcos agora terá um trabalho digno e poderá se reerguer, deixando para trás a situação de rua em que se encontrava.
 
 
O papel da sociedade e das autoridades públicas é fundamental para oferecer oportunidades e garantir que pessoas em situação de rua tenham a chance de se reintegrar à sociedade.
 
-Quando ele deixar o tratamento na comunidade terapêutica, receberá ainda auxílio de aluguel social no valor de R$ 500. “Isso é o que dá dignidade às pessoas, isso é a verdadeira ressocialização, é o trabalho”, disse Salvaro, mostrando uma carteira de trabalho. 
 

 

O morador de rua, foi encaminahdo até a República, antes chamada de Casa de Passagem, para receber um banho e ser colocado "para capinar, cortar a grama”. A medida tem como base legal a Lei nº 5536, de 12 de maio de 2010, que dispõe sobre a criação do serviço voluntário no município de Criciúma.

 
Esperamos que essa história inspire outras pessoas e autoridades de outros municípios a estenderem a mão para aqueles que mais precisam, oferecendo oportunidades de transformação e inclusão social, nem que seja "para carpir um lote". Todos merecem ter uma segunda chance e a oportunidade de reconstruir suas vidas.
 
 
 
 
 

Este Portal de Notícias é uma publicação da SBC do Sul com o CNPJ , e trata-se de uma empresa de direitos privados na área da Comunicação. INFORMAMOS a quem interessar possa, que, Todo e Qualquer Conteúdo e Imagens aqui publicados, exibidos neste portal de notícias e nesta página são de nossa inteira e total Responsabilidade.
A empresa franqueadora desta Plataforma ou a Cessionária da Rede não possuem nenhuma relação de Responsabilidade JURÍDICA para com as nossas matérias, artigos ou outras publicações. Caso haja alguma dúvida em detrimento a esta matéria ou outro conteúdo entre em Contato com a direção de nossa empresa através do E-mail 0 ou de nosso WhatsApp (47)997532591
COMO ENVIAR CONTEÚDOS
OUTROSSIM: Caso queira nos enviar qualquer conteúdo jornalístico, ele deve vir assinado por um jornalista ou o seu Autor e a(s) IMAGEM(ENS) deve estar com uma Autorização por Escrito por parte do Fotografo Autor da MESMA - Autorizando o USO (da publicação da mesma), pois, aqui respeitamos as Leis brasileiras e a Lei dos Direitos Autorais nacional e internacional.

SBC SHOPPING

Copyright© Todos os direitos reservados Rede SBC do Brasil - 2006 a 2918

Sites e Notícias em rede - se trata de um projeto patentiado no INPI

SBCW - Tecnologia web Agência digital