Fale Conosco
(47)997532591

Mafra(SC), Terça-Feira, 16 de Abril de 2024 - 13:39
Moeda
Dólar - BRL 5.2673
Libra - BRL 6.5476
Euro - BRL 5.5965
Bitcoin - BRL 209250,95

18/03/2024 as 17:37:25 | por Sinval Campelo |

Diferente do trabalhador: vereadora falta ao trabalho mas salário não foi descontado

Entenda polêmica que pode colocar a vereadora Dircelene Pinto no Conselho de Ética

Fotografo: divulgação redes sociais
...
Vereadora participa do coral da Igreja...sbcsul.18.3.24

O vereador de Mafra tem um salário mensal de R$ 5.150,00 líquido. São 8 sessões obrigatórias para comparecer por mês. Quando o parlamentar tem um compromisso fora do estado ou estar a serviço representando o Legislativo em um evento ou tem problemas de saúde, com atestado médico, tem justificativa plausível para falta. Agora, sair de casa, no conforto de um carro, para estar numa sessão que inicia às 19 horas e termina às 21h e dizer que tem uma agenda externa (aniversário) marcada no mesmo horário é brincar com o eleitor mafrense e a Câmara precisa determinar o desconto nos salários dos vereadores faltosos. Esse é o caso da vereadora Dircelene Pinto (Podemos).

 

Segundo denúncia do vereador Jonas Schultz (Jonas Dentista) a colega de plenário Dirce, esteve ausente da sessão da Câmara dia 5 de fevereiro de 2024 e justificou a falta, sendo assim não teve desconto no seu salário, que é R$ 171,66/dia. A alegação era que estaria representando o Legislativo em um evento religioso da Igreja Assembleia de Deus. No entanto, postagens nas redes sociais dão conta que a vereadora estava participando ativamente da festa de aniversário do pastor Adonias Monteiro. Vereadora Dirce congrega na igreja do aniversariante, ele é seu pastor e na ocasião a vereadora Dirce cantava no coral da Igreja em homenagem ao aniversariante. Portanto era uma falta para fins particulares. Vereadora Dircelene foi beneficiada e não teve o dia descontado. Mentiu para não sofrer o desconto  no salário.

 

A razão da denúncia pode colocar a vereadora Dirce  no Conselho de Ética da Câmara por quebra de decoro parlamentar, por mentir para Câmara e se beneficiar da sua mentira, uma vez que o salário do mês ela recebeu integralmente.  Então vejamos, os trabalhadores que têm carteira assinada precisam cumprir horário, se não terão o salário descontado, mas será que a legisladora Dircelene Pinto acha que ser vereador é ser diferente?                                                                     

O trabalhador eleitor mafrense que respeita horário, não vai entender essa atitude da vereadora...

 

Reportagem do SBCSul ouviu as partes envolvidas

Sinval - Eu gostaria de ter teu parecer sobre a acusação que paira sobre sua atitude em fevereiro deste ano, de que a senhora teria estado no aniversário do pastor Adonias, como representante do Legislativo, sendo que, é algo pessoal, uma vez que a vereadora estava participando do evento intensamente. Não estava como vereadora e sim como membro da sua igreja.

 

Pergunta: O que pretende fazer agora, pedir para que seja descontado o dia... que esteve no evento e não participou da sessão? Daí seria uma afirmação de que mentiu para o Legislativo para se autobeneficiar...Ou Ignorar as evidências e dizer que sim, estava no evento apenas como vereadora prestigiando o aniversário do seu pastor, que não se arrepende de nada e que fotos e vídeos são montagens de Photoshop ?

 

Vereadora Dircelene  : sobre a acusação,  no momento oportuno responderei. Grata !

----------   --------

Ao pastor Adonias Monteiro

Sinval: Vereadora Dirce está sendo acusada de se beneficiar do cargo, ao ir ao seu aniversário e declarar que estaria representando a Câmara e por isso não teve o dia de seu salário descontado...a vereadora pode ter infringido regras internas da câmara, uma vez que sua participação foi além de uma convidada, ela estava participando como crente ...como religiosa e não como vereadora ...se beneficiando do cargo para estar numa festa de cunho particular. Não teve o dia descontado.

Se ela não tivesse justificado nada ia acontecer, é prerrogativa do vereador faltar sessões três ou quatro por ano, normal. Só que é descontado o dia !

 

Eu quero seu posicionamento...defenda a vereadora e membro de sua igreja por razões A ou B.  Ou diga que fez errado por razões A ou B. Ou não me diga nada...

 

Pastor Adonias: Rapaz, eu não  sei do que ela foi acusada.  Quero acreditar que ela saiba o que estava fazendo.   Embora tenha vindo como vereadora , eu prefiro não opinar pois não estou ao tanto das regras nesse exato momento. E acredito que ela não iria fazer algo se sã consciência que iria lhe prejudicar. Triste isso !

Agora é aguardar o posicionamento da Câmara!

 


Este Portal de Notícias é uma publicação da SBC do Sul com o CNPJ , e trata-se de uma empresa de direitos privados na área da Comunicação. INFORMAMOS a quem interessar possa, que, Todo e Qualquer Conteúdo e Imagens aqui publicados, exibidos neste portal de notícias e nesta página são de nossa inteira e total Responsabilidade.
A empresa franqueadora desta Plataforma ou a Cessionária da Rede não possuem nenhuma relação de Responsabilidade JURÍDICA para com as nossas matérias, artigos ou outras publicações. Caso haja alguma dúvida em detrimento a esta matéria ou outro conteúdo entre em Contato com a direção de nossa empresa através do E-mail 0 ou de nosso WhatsApp (47)997532591
COMO ENVIAR CONTEÚDOS
OUTROSSIM: Caso queira nos enviar qualquer conteúdo jornalístico, ele deve vir assinado por um jornalista ou o seu Autor e a(s) IMAGEM(ENS) deve estar com uma Autorização por Escrito por parte do Fotografo Autor da MESMA - Autorizando o USO (da publicação da mesma), pois, aqui respeitamos as Leis brasileiras e a Lei dos Direitos Autorais nacional e internacional.

SBC SHOPPING

Copyright© Todos os direitos reservados Rede SBC do Brasil - 2006 a 2918

Sites e Notícias em rede - se trata de um projeto patentiado no INPI

SBCW - Tecnologia web Agência digital