Fotografo: divulgação
...
Vande da Farmácia-sbcsul

- Se pudéssemos definir este ano em uma só  palavra, acredito eu, que seria superação. Muitas coisas aconteceram e continuam acontecendo, e uma das mais recentes, foi um fenômeno climático, o ciclone bomba, o qual deixou inúmeros desastres espalhados por onde passou. Devido a isso, e observando o atual momento em que vivemos, fiz um requerimento pedindo respostas ao executivo mafrense sobre o que será feito para acalentar as famílias que sofreram perdas durante este fenômeno, pois é o dever do município auxiliar quem mais necessita, e acho que este ano está ensinando muitas coisas, e a principal delas, é a empatia, por isso estou aqui, lutando por todos aqueles que precisam - a declaração é do vereador Vanderlei Peters (Vande da Farmácia).
 
Mafra continua contabilizando os prejuízos e as perdas relacionado ao ciclone e tempestades dos últimos 10 dias. E o vereador Vande quer que seja entregue à ele um relatório por parte da Pefeitura de quantas pessoas e propriedades foram atingidas, pois há controvérsias.
 
 
-É importante sabermos o que já foi feito de concreto e quais os próximos passos para ajudar essas pessoas atingidas pelo ciclone bomba. As pessoas precisam estarem cadastradas pela Defesa Civil para recebimento de auxílio e liberação do FGTS. Nossa preocupação é com que todos sejam contemplados - pontou Vande da Farmácia
 
 
Ações de assistência humanitária
O Governo do Estado, por meio da DCSC, continua dando suporte aos municípios atingidos pela força da natureza. Já foram disponibilizados 141.917 itens de assistência humanitária. Dentre os produtos estão telhas, cestas básicas, colchões e kits de higiene. Para efetivar as ações equipes do Governo, através do Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e Defesa Civil.