Fotografo: divulgação
...
Evelayne Bendlin e Adilson-sbcsul.25.07.20

 
Aprovado projeto de lei complementar 10, de autoria da Prefeitura de Mafra, que trata da Declaração de Direitos de Liberdade Econômica, e que institui no âmbito municipal o tratamento diferenciado e favorecido a ser dispensado aos pequenos negócios e aos Microempreendedores Individuais. A indicação era do vereador Adilson Sabatke (DEM) que havia feito a referida solicitação em 2019 (indicação 827/2019). 
 
 
 
- O projeto trata da simplificação de normas para os empreendedores abrirem seus negócios, facilita o trabalho dos contadores e moderniza a legislação municipal, comenta o  vereador Adilson. 
 
 
 
Nas redes sociais, o vereador Adilson salientou que, cada vez mais, se faz necessário a simplificação de ações burocráticas para abertura de empresas, a fim de, facilitar o dia a dia de quem vai gerar empregos.
 
 
A  Lei Complementar Nº 69, de 16 de julho de 2020. visa diminuir a burocracia e o vereador Adilson Sabatke foi pessoalmente apresentar o projeto para  Evelayne Carvalho Bendlin, representante do Conselho Regional de Contabilidade e explicou detalhadatamente os objetivos das novas normas que irá ajudar contadores e clientes na geração de novas empresas em Mafra , com a redução de tarifas e gratuidade de alguns serviços que eram geralmente cobrados por parte da Prefeitura.
 
 
A lei na integra  pode ser visualizada através do site da Prefeitura de Mafra.