Fotografo: divulgação
...
Espanhol julio -sbcsul-4-2-20

Carlos García Juliá foi condenado por participar de um atentado terrorista em Madri, na Espanha, em 1977. Ele está preso no Brasil desde o ano passado e será extraditado nesta quinta-feira (6), conforme informou hoje (4) o advogado de defesa, Daniel Mourad Majzoub, à Agência Efe.

O antigo integrante do grupo de extrema-direita Fuerza Nueva foi condenado no país europeu em 1980, como um dos autores do massacre em que foram assassinados três advogados trabalhistas, um estudante de direito e um funcionário administrativo na capital espanhola, em ação que tinha como alvo um líder do Partido Comunista local.

 

Mourad Majzoub disse à Efe que os detalhes da transferência e os horários de voo não podem ser divulgados por questões de segurança, mas que a chegada na Espanha estava marcada para a próxima sexta-feira (8).