Fotografo: divulgação
...
Valdir Sokloski (arquivo) sbcsul-10-05-20

A seca que assola a região de Mafra (SC) e Rio Negro (PR) está ocasionando a vazão do rio Negro e da Lança, deixando vários trechos com acúmulo de lixo nas margens. O vereador mafrense, Valdir Sokolski (PSD) aponta que este é um bom momento para que o poder público limpe as áreas afetadas, antes que o período de chuvas retorne e volte a encher os rios.
 
 
-Limpeza na beira do rio, nesta semana, é o meu desafio ! porque tá seco e fácil de limpar. Tem latas, pneus, litros plásticos , madeira atravessada nos pés da ponte...tá na hora dos dois municipos Mafra  e Rio Negro, fazerem um trabalho de limpeza no rio, pelo menos que seja na parte central... se olhar nos pés das pontes, estão todas elas com galhos entrelaçados oferecendo até perigo.., então uma limpeza seria oportuna e necessária - disse o vereador Valdir.
 
 
Valdir quer que a  prefeitura municipal monte uma operação para remover o que ficou acumulado nos dois trechos dos rios ,beirada e cabeceira das pontes. Ele cita que pode ser feito rapel para alcançar os materiais que estão boiando sobre o rio e que esse lixo são toneladas de entulho contaminado, que deverá ser encaminhado para o aterro sanitário.A responsabilidade de recolher o material em rios é das prefeituras, segundo a Casan.
 
 
Iniciativas de voluntários para limpar os cursos d'água, como a realizada por moradores de Mafra e Rio Negro, são louváveis, segundo o vereador Valdir Sokolski, mas ele diz que  é preciso muito mais para superar o problema.
 
 
-Precisamos aproveitar essa seca que tá terrível para fazer um alerta para todos, um chamamento das pessoas, pois o lixo só está aí por nossa culpa, culpa do cidadão que joga toda espécie de materiais sólidos no rio..., e essas garrafas pet tem um monte no rio...- finalizou Valdir Sokolski.