Cidadão Repórter

(47)997532591
Mafra(SC), Quarta-Feira, 20 de Janeiro de 2021 - 22:03
25/12/2020 as 22:46 | Por Sinval Campelo | 785
SBCSul apura dados contraditórios na divulgação de boletim do Covid-19 em Mafra
Hospital confirma 7 pacientes na UTI
Fotografo: divulgaçao
Hospital de Mafra-sbcsul.25.12..20

È ou não é...a imprensa em todo país tem ficado de olho nos números de contaminação e óbitos por Covid-19 e em muitas ocasiões detectou dados contraditórios, com os divulgados de um dia para outro, e este foi o caso neste dia de Natal, sexta-feira, 25, quando a Secretaria de Saúde de Mafra divulgou os dados sobre os infectados.

 

No relato à imprensa e nas redes sociais, aparece no boletim do dia 23, 4 pacientes na enfermaria-7 na UTI e 10 óbitos até então. No dia 24, véspera de natal, o registro muda, de 4 pacientes na enfermaria passa para 3, porque um paciente foi para UTI que já tinha 7 e somou 8, com 10 mortes. Até então, os dados divulgados estavam de acordo, mas nesta sexta-feira, 25, o boletim do Covid-19 em Mafra registrava 2 pacientes na enfermaria, 6 na UTI (era 8 no dia anterior) e 11 mortes.

 

O SBCSul apurou o que aconteceu para validar os dados com precisão e passar a informação correta. O departamento de Imprensa da Prefeitura responsável pela divulgação dos dados do avanço do Covid no município disse que, as informações são passadas pelo hospital para a Vigilância Epidemiológica, a qual as repassa ao público.Já o hospital de Mafra, atendente que preferiu ter sua identidade no anonimato, informou que, 7 pessoas estavam na UTI por Covid-19, em vez de 6,  e os dados do boletim desta sexta-feira, seriam corrigidos. A 11ª morte foi confirmada.

 

A cada novo paciente de Covid-19 que necessita de internação hospitalar na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), as casas de saúde passam a receber diárias de R$ 1,5 mil para o tratamento do infectado. A verba está prevista na tabela de procedimentos, medicamentos e OPM do Sistema Único de Saúde (SUS), por meio do Ministério da Saúde. O recurso é dividido entre o serviço hospitalar, R$ 1.195,99, e o serviço profissional, orçado em R$ 304,01.




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil