Fotografo: divulgação
...
Prefeitura revitaliza rua-sbcsul-25-11-19

As ruas do centro da cidade estão rejuvenescendo. A Prefeitura de Mafra está promovendo a revitalização da pavimentação asfáltica de importantes vias do município por meio de uma moderna tecnologia, conhecida como Microrrevestimento Asfáltico a Frio. O processo vai embelezar as ruas, tornando-as também mais seguras, graças às propriedades impermeabilizantes e antiderrapantes do novo revestimento.

“O processo é realizado em ruas que já possuem pavimentação asfáltica e tem a intenção de embelezar a nossa cidade e encantar os olhos de quem a visita, ao mesmo tempo em que aumenta a vida útil da pavimentação e traz mais segurança”, enfatizou o prefeito Wellington Bielecki. Ele ressaltou que, devido à ação do tráfego e ao envelhecimento causado pelas ações do clima, é comum a pavimentação asfáltica apresentar desgastes e pequenas fissuras. “E é isso que o microrrevestimento vai corrigir”. Wellington disse ainda que este processo acontece em paralelo ao programa Minha Rua Pavimentada, cujo decreto que acaba de entrar em vigor após tramitação na Câmara Municipal, e que prevê a pavimentação de ruas em todo o município por meio de uma parceria estabelecida entre a Prefeitura e comunidade, com a adesão e a contrapartida dos moradores que desejam ter a sua rua pavimentada.

 

Tecnologia consagrada

A tecnologia do Microrrevestimento Asfáltico a Frio foi desenvolvida e consagrada em países da Europa e nos Estados Unidos. Ela utiliza a superposição de camadas, empregando materiais de alta qualidade, resultando no aumento da vida útil dos pavimentos. Esta tecnologia é normatizada em especificações brasileiras e também da ISSA/Internacional, onde são determinadas as características dos materiais empregados, garantindo a qualidade do serviço.

Dentre as finalidades da aplicação destacam-se a capacidade de impermeabilizar revestimentos antigos com desgaste superficial, selar fissuras menores de 3 milímetros, elevar o coeficiente de atrito, nivelar as trilhas de rodas, prolongar o período de vida útil dos pavimentos e melhorar a sua estética. Outra vantagem é que o período de cura, com a evaporação da umidade da mistura asfáltica, é de aproximadamente uma hora de exposição ao sol, o que agiliza o processo e permite o aproveitamento do tempo na realização dos trabalhos. A própria ação do tráfego, após o mesmo ser liberado, garante a compactação da camada de microrrevestimento.

As obras iniciaram-se na semana passada, na Avenida Severiano Maia, entre o trevo da Dirmave até a esquina com a Rua Ptolomeu de Assis Brasil, prosseguindo nesta semana, na quinta e sexta-feira, 28 e 29, na Rua Felipe Schmidt. As obras vão prosseguir abrangendo  outras ruas importantes da cidade. Os trabalhos foram viabilizados com recursos do IPTU e objetivam melhorar o tráfego, além de valorizar e embelezar as ruas e avenidas do centro da cidade.