Cidadão Repórter

(47)997532591
Mafra(SC), Terça-Feira, 09 de Março de 2021 - 08:05
15/01/2021 as 19:09 | Por Redação | 350
Rio Negro com volta às aulas, mas retorno em 8 de fevereiro será opcional
Deliberações sobre o protocolo de segurança para retorno as aulas presenciais ainda em discussão.
Fotografo: divulgação
Aulas com restrições-sbcsul.15.1.20

A volta às aulas presenciais na Rede Municipal de Ensino em Rio Negro está sendo planejada. Através do comitê instituído pelo Decreto nº 155 de 27 de outubro de 2020, estão acontecendo deliberações sobre o protocolo de segurança para retorno as aulas presenciais.

 

 

O município está preparado, elaborando medidas que deverão ser implantadas em cada unidade escolar, levando em conta a realidade local. Todos os servidores da Educação serão treinados quanto às medidas de segurança durante a semana pedagógica que acontecerá de 03 a 05 de fevereiro.

 

 

Desde o início da pandemia o município de Rio Negro manteve o ensino a distância, preservando o vínculo dos alunos com a escola. As deliberações sobre o retorno presencial já vem acontecendo desde então, e respeitam as particularidades do município, estudos, pesquisas e orientações de órgãos sanitários e de cunho pedagógico.

 

 

 

O protocolo de retorno abrange os princípios fundamentais, as medidas estruturais e de distanciamento social, de alimentação escolar, higiene, limpeza, desinfecção escolar, pedagógicas, transporte escolar público, casos suspeitos na escola, abandono e evasão escolar, que deverão ser aplicadas em cada unidade de ensino.

 

 

 

“Estamos nos preparando para que nossos alunos voltem a ter um convívio social com segurança, pois nossos professores deram um show nas aulas remotas e tenho certeza que darão continuidade neste retorno, agora com mais cuidados. Lembrando que estamos preparados para começar a vacinação quando o Governo Estadual disponibilizar”, afirmou o prefeito James Karson Valério, que está acompanhando ativamente as atividades do comitê.

 

 

 

O retorno as aulas depende ainda da deliberação Conselho Estadual de Educação. Assim que autorizado, a Secretaria Municipal de Educação passará a redigir uma instrução normativa que regulamentará as aulas presenciais nas unidades da Rede Municipal.

 

 

 

As deliberações ainda seguem, podendo haver alterações. A previsão é de um retorno de forma escalonada, da seguinte maneira:

08 de fevereiro, início das aulas de forma remota;

01 de março, início das aulas presenciais de forma híbrida, ou seja, presencial para 3º, 4º e 5º ano e aulas remotas para os demais;

15 de março, aulas presenciais de forma híbrida para 1º, 2º, 3º, 4º e 5º anos e aulas remotas para os demais;

30 de março, aulas presenciais de forma híbrida para Pré I e Pré II e 1º, 2º, 3º, 4º e 5º ano.

 

 

 

O formato híbrido consiste em aulas presenciais para um determinado número de alunos, enquanto os demais participam de forma remota, alternado-se semanalmente. Importante destacar que será decisão dos pais ou responsáveis legais pelo aluno a escolha pela atividade presencial ou não. Ou seja, não haverá obrigatoriedade de ensino presencial para as famílias que assim desejarem.

 

 

 

Os Centros Municipais de Educação Infantil – CMEIs ainda não tem data definida para o início presencial. O comitê de retorno às aulas é composto por representantes da Secretaria de Educação e da Saúde, bem como de professores, diretores, pais de alunos e de representantes da rede particular de ensino.

 




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil