Fotografo: Gaúcho
...
Ricardo Ciola Corrêa-sbcsul-4-4-20

Ricardo Ciola Corrêa, natural de Rio Negro, reside em Mafra e desde cedo demonstrou interesse ao ciclismo, seja para fim recreativo ou competitivo. Sou professor de educação física no colégio e Excelência e treinador de ciclismo na Akva Sport´s?
 Ricardo conta em entrevista exclusiva ao Jornal Diário de Riomafra que começou a andar de bicicleta desde muito cedo, sempre com incentivo dos pais, começou praticando o mountain bike com fim recreativo, andando junto com seu pai pelas trilhas e estradas do interior do município. 
Porém a vontade de competir sempre foi muito grande, após ver uma prova de Mountain Bike aqui em Rio Negro, decidiu se inscrever e competir, assim iniciando nas competições no ano de 2013. 
Durante alguns anos seu foco foi as competições de Mountain Bike, conseguindo bons resultados em grandes competições, destaque para o 5º Lugar no Brasil Ride Warn Up SC, Vice Campeão Categoria Desafio Ricardo Pscheidt, Vice Campeão Dupla Open no Desafio das Araucárias, 10º lugar no Campeonato Brasileiro de Ultramaratona, entre muitos outros pódios nas competições estaduais de Santa Catarina e Paraná. 
 
 
Mas o ciclismo de estrada chamava a sua atenção e despertava seu interesse, sempre acompanhando as grandes provas como o Tour de France, Giro de Itália, Volta da Espanha e algumas Clássicas como Paris-Roubaix. A vontade de competir no ciclismo de estrada era muito grande, mas Ricardo conta que somente depois de algum tempo conseguiu uma bicicleta Speed. Em meados de 2017 se inscreveu em sua primeira prova de estrada, a Volta Ciclística de Jaraguá, onde conquistou um 5º lugar no pódio após uma chegada apertada em sprint. 
 
“Lembro que logo depois que foi dado a largada, nessa primeira prova, enquanto o pelotão acelerava forte pela estrada, me vinha na cabeça a certeza que eu migraria definitivamente para o ciclismo de estrada, foi algo inexplicável”.
 
 
Desde então o atleta vem se dedicando ao ciclismo de estrada, conseguindo ótimos resultados nas competições em que participa, ele conta que sua especialidade são as provas de contrarrelógio, modalidade do ciclismo de estrada, em que os atletas largam de forma individual e devem completar um determinado percurso em menor tempo.
 
“Gosto de estar competindo no ciclismo de estrada, me sinto feliz em cima da bike independente do tipo de prova, porém me sinto muito bem nas provas de contrarrelógio, sempre consegui bons resultados.” 
 
 
Seus principais resultados no ciclismo são: 5º Lugar na volta ciclística de Jaraguá, 1º Lugar no desafio Outubro Rosa de Ciclismo, 1º Lugar SC Bike Fest Estrada etapa Gaspar, 4º Lugar no Pré JASC de 2018, 4º Lugar Contrarrelógio Copa Hans Fischer, 5º lugar na Classificação Geral da Copa Hans Fischer, Vice Campeão do Desafio Morretes de Ciclismo, Campão Contrarrelógio Pré JASC 2019, 3º Lugar Catarinense de Estrada Etapa Praia do Ervino, 4º Lugar Contrarrelógio Tour Master de Santa Catarina, 7º lugar na classificação geral do Tour Master de Santa Catarina, 7º Lugar no Ranking de Ciclismo de Estrada de SC 2019, 6º Lugar GP Araucária de ciclismo Categoria Open.