Fotografo: divulgação
...
Arlindo Costa-sbcsul.14.9.20

É ou não é...As eleições presidenciais foram em 2018, mas até hoje há muitas divergências entre apoiadores do presidente Bolsonaro e petistas e em alguns casos, na maioria deles, vira caso de polícia, como este que ocorreu em Mafra, com um professor de biologia.

 

O pré-candidato a vereador pelo PT de Mafra, professor Arlindo Costa, está recebendo ameaças de morte após andar pelas ruas do município com estampas na camiseta com palavras de ordem anti Bolsonaro. O fato ocorreu no final de agosto, mas chegou com maior repercussão nas redes sociais agora, em setembro.

 

Arlindo comentou que as pessoas que fizeram as ameaças já foram identificadas e os advogados já estão formalizando processos por calúnia, difamação e ameaça de morte.

 

Amigo de Arlindo, que não quis se identificar, com receio de represálias, disse  que essas ameaças de morte contra o professor  são motivadas por políticos que querem enfraquecer a aceitação dele perante a população mafrense, uma vez que, Arlindo Costa é pré-candidato polêmico e tem muitos votos no meio acadêmico e magistério e com reias chances de se eleger.

Na sua página no facebook, Arlindo Costa comentou sobre o episódio:

2 de setembro às 09:44  · Bolsominion invadiu minha página e passou a retrucar minhas postagens atacando o PT e a esquerda.... com muito deboche.... respondi e o indivíduo continuou atacando.... deletei o mesmo.  Depois, na página dele recorta minhas respostas e coloca fora do contexto.  O resultado foi ameaça de morte  pelos amigos dele, ofensas, xingamentos. Resultado:  Incitação ao crime, danos morais, calúnia e difamação... Registro de boletim de ocorrência e processo no ministério público....  o exemplo abaixo mostra onde chega a truculência. São 12 páginas printadas que servirão de embasamento juŕidico para um processo... numa cidade onde 80% votou no Bozo, a direita me faz lembrar que a cadela fascista está no cio... querem silenciar as vozes da esquerda pela truculência  verbal e física....

S*** - se aparecer la no sao lourenco dai esfolamo ele no asfalto kkkkkkkkk

 

Mais recente, ainda na página no facebook, Arlindo Costa se apresenta assim: 

Arlindo Costa

29 de agosto às 20:39  · 

Lançamento de Pré Candidatura 

Meu nome é Arlindo Costa .

Nasci em Joinville e vivo há 52 anos em Mafra.

Vim para Mafra em 1966. Meu pai Lucindo Costa fiscal federal desapareu na ditadura aqui em Mafra em 1967. Minha família optou em ficar por aqui. Trabalhei na prefeitura de Rio Negro como professor , escolas de Mafras, Universidade do Contestado Canoinhas , Mafra , Porto União , Unoesc, Unisul, Unibave. Camões e outras. Vinte anos na Udesc em sao bento do sul. Autor de livros, consultor docente e palestrante. Professor de Biologia, Didática, Metodologia da Pesquisa, etc.

Sou casada com Hilda Sprotte, tenho três filhos. Felipe , Ana e Carol

Sou pré-candidato a vereador pelo PT e junto a outros dois companheiros ajudo a construir este partido há alguns anis.

Com muito orgulho e honra participamos do governo de maior inclusão social que este pais já conheceu.

Infelizmente, sofremos o golpe que derrubou a Dilma em 2016, a prisão injusta de Lula para tirá-lo do pleito, e por consequência a eleição de Bolsonaro e seu mandato de ódio em 2018.

Sinto toda agonia de sermos oprimidos por um governo negacionista que não se preocupa com a morte de 118 mil irmãos e irmãs brasileiras por conta da COVID-19, muito menos com o retorno a miséria de milhares de pessoas.

Não aguento mais ver nosso país sofrendo nas mãos de quem obedece e exalta o interesse norte americano ao invés de lutar pelo direito irretocável de decidirmos soberanamente nosso destino .

Cresci em um ambiente de amor pela democracia, pelos movimentos sociais e sobretudo por justiça.

Reitero que sou professor e minha missão é ensinar várias disciplinas incluindo Filosofia.

Nada do que acontece é por acaso , tudo tem causa e consequência. Com a injustiça e a desigualdade social não é diferente

Acredito que a cidade de Mafra e a vida política municipal tem problemas, e que isto tem um motivo e também um resultado.

Compreender estas estruturas presentes nos ajuda a pensar como podemos trabalhar para obtermos soluções diferentes para nossos problemas.

Sei que não temos a cidade que sonhamos por várias razões, mas a que mais me toca, é o fato de perceber que a maioria das pessoas não consegue ou não se interessa em participar das decisões políticas.

Como mudar este quadro?

Sempre me questiono sobre isso e assim cheguei até este momento de pré-candidatura.

Você também pensa assim? Gostaria de conversar e contribuir para este debate?

Bem vindo e bem vinda a essa reflexão sobre a cidade que merecemos!

Abraços com esperança e vontade!

A reportagem não conseguiu localizar o professor Arlindo para comentar a situação. Mas, em postagem na sua página do facebook, ele escreveu que está preparado para a "batalha".