Fotografo: divulgação
...
Vande da Farmácia-sbcsul-28-10-19

Como intuito de respeito ao  direito de ir e vir das pessoas com deficiência, o vereador mafrense Vanderlei Peters (Vande da Farmácia)  indicou ao Executivo Municipal que realize algumas adequações e construção de rampas de acesso em todas unidades de saúde, de acordo com as normas de acessibilidade,  a fim de proporcionar a maior facilidade de locomoção a aqueles que possuem alguma dificuldade motora.
 
Entre as principais mudanças solicitadas pelo parlamentar, estão à instalação de rampas de acesso aos cadeirantes, averiguação das dimensões adequadas das portas de acesso e outras normas técnicas da construção civil para a acessibilidade nos imóveis utilizados pelo Poder Público para atendimento médico. 
 
Segundo Vande, a sugestão vai além de proporcionar uma maior facilidade de deslocamento, as adequações permitirão as pessoas com deficiência uma maior autonomia e, assim,  garantindo a sua integridade física e moral. 
 
- Para quem tem uma deficiência física, centímetros podem ser barreiras  intransponíveis e neste mundo moderno e cheio de tecnologias que vivemos,  isso é inadmissível. Vejo inúmeras dificuldades aos cadeirantes que precisam chegar nos postos de saúde e por menor que seja o obstáculo, isso os impede de ir e vir, tirando-lhes a comodidade ao ir à uma consulta – disse Vande. 
 
No intuito de resolver estes problemas, Vande citou durante sessão da Câmara que Mafra tem algumas unidades de saúde fora dos parâmetros estabelecidos pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) e pediu  que efetivem as adequações necessárias que garantam a integridade física e até moral de cadeirantes e portadores de deficiência física. 
-Se as edificações estivessem dentro das normas técnicas de acessibilidades, os cadeirantes teriam autonomia para ir e vir sem maiores dificuldades e constrangimentos, reiterou o vereador Vande.