Fotografo: divulgação
...
Valdir Sokloski (arquivo) sbcsul

Um movimento de prevenção ao novo votonavírus, instituido primeiramente pela Assembleia Legislativa de Minas Gerais vem tomando força pelos legislativos do país. Municípios mineiros e de outras federações também estão adotando as mesmas medidas para tentar conter o avanço do coronavírus no Brasil e no estado.
 
 
Além dos agentes políticos que possam estar na área de risco pelo Covid-19, os servidores com 60 ou mais anos também deveram ser afastados para se resguaradarem até a pandemia passar. 
 
 
O SBCSul pesquissou nas duas Câmaras Municipais e em Mafra, o vereador Valdir Sokolski (sempartido) fará 64 anos dia 18 de abril, estando no grupo de risco e precisando ser afastado das atividades. Em Rio Negro, o único que se encontra na faixa dos 60, é o diretor da Câmara, Gastão Dirceu Oliveira Ribas. O afastamento se daria por temo e determinação  da presidência da Câmara e o vereador ou servidor não teria prejuízos no seus vencimentos.