Fotografo: divulgação
...
Maristela e vereador Eder-sbcsul-23-09-19

Na última terça-feira, 17, a sessão ordinária foi dedicada à entrega de moções de aplauso. A homenagem é feita para pessoas ou instituições que contribui para uma Mafra melhor.

 

A primeira policial militar feminina mafrense, Maristela Xavier, foi homenageada pela atuação no município e por seus serviços prestados. Marista é natural de Rio Negro, tem dois filhos: Carmem Regina Fonseca e Jorge Luiz Xavier. A homenageada ingressou na polícia em 1985. Apenas em 2000 foi transferida para Mafra, foi a primeira policial militar feminina a atuar no Município, atuando e exercendo funções no serviço administrativo (P5), na Central de emergência, no policiamento de Rádio Patrulha e no PROERD de 2001 a 2004. Em 2008 fez o curso de Sargentos e retornou à Mafra para exercer as funções administrativas e operacionais até que, em 2011, entrou para a reserva remunerada. Março do ano de 2013 foi quando retomou atividades administrativas no GEMFA pelo CTISP (Corpo Temporário de Inativos da Segurança Pública), onde trabalha até o presente momento na seção técnica como auxiliar do Setor de Trânsito.

- As dificuldades dessa profissão por ser mais masculina. Quando vim para o interior pelas pessoas serem mais machistas. Acredito no difícil e ninguém deve dizer o que podemos fazer, nós temos que decidir o que vamos fazer – enfatizou sargento Maristela. 

 

Esporte

Outro homenageado tem sua história marcada também por superação, o mafrense Leocádio Consul recebeu moção de aplausos pela sua histórica como futebol brasileiro e por promover o esporte por meio da sua escolinha de futebol. 

Leocádio marcou o futebol mafrense e iniciou no Clube Peri Ferroviária com 16 anos. Brilhou pela camisa do Operário de Ponta Grossa, Coritiba Football Clube, Londrina, Apucarana e Metropol de Criciúma. Também atuou como treinador no Operário de Mafra e Canoinhas Atlético Clube. Atualmente, Leocádio Consul tem uma franquia da escolinha do Coritiba Foot Ball Club para descobrir novos talentos para o futebol brasileiro. Os treinamentos são realizados na praça de esportes da Associação Estação Nova em Rio Negro, numa parceria com a diretoria.

A Igreja Luterana de Rio Negro foi homenageada pelos 130 anos de história, onde a maioria de seus membros é do município de Mafra. Entre suas atividades, a igreja conta com os grupos históricos (como OASE que completou 100 anos em 2013), o Coral Luterano (completou 70 anos em 2013). Outro destaque é o novas ênfases missionárias e ministérios de evangelização e missão, como na última década através de programas como Acampamento Moriah (crianças, adolescentes e jovens), promoção de valores humanos e cristãos junto a estudantes de Escolas Públicas de Rio Negro e Mafra,  entre outros. A missão diaconal da Igreja Luterana é promover a vida, a saúde e o bem estar das famílias em um mundo marcado por confusão ética, por frieza e egoísmo nos relacionamentos. 

Indústria

O grupo Vilela também recebeu uma moção de aplausos pelos investimentos, confiança e geração de empregos no município de Mafra. A história do grupo é baseada em toda trajetória de vida do fundador: Andrelino Vilela.

Em Mafra, o parque fabril é de 20 mil metros quadrados com mais de 100 funcionários. O Grupo Vilela investiu cerca R$ 80 milhões no município. Atualmente, o carro-chefe é a penicilina. No município, o grupo fabrica cerca de um milhão de frascos de diversos medicamentos por mês.