Fotografo: divulgação
...
Valmor Nardes -sbcsul-28-05-20

 
Dr JOSÉ VALMOR RIBEIRO NARDES, faleceu aos 77 anos, nesta quinta-feira, 28.  Ele estava internado em Curitiba há 10 dias devido a problemas cardíacos. O advogado deixa enlutados esposa, filhos e amigos.
 
O SBCSul presta homenagens a este homem que muito contribuiu para o desenvolvimento do município de Rio Negro e relembra a data de 12 de novembro de 2015, quando Valmor Nardes, recebeu o título de cidadão honorário de Rio Negro. A esposa Imerli Nardes, também recebeu essa mesma honraria naquela ocasião, no Clube Rionegrense. A Iniciativa de homenagear Valmor Nardes e esposa foi do vereador Nilson Paizani.
 
 
Com salão do Clube lotado e pessoas aplaudindo de pé Valmor Nardes no final de seu discurso, em que ele disse estava "extremamente emocionado" pela homenagem e que já se considerava cidadão rionegrense antes mesmo de receber o tìtulo, mas que a partir daquele momento iria colocar àquele reconhecimento da comunidade pelo seu trabalho em prol do município em local onde ele levaria consigo por onde fosse.
 
 
-Estou muito feliz e levarei esta honraria, este momento tão especial, no meu coração para sempre. Sou rionegrense de verdade, agora ! - disse Valmor Nardes, na época.
 
Histórico
 
Advogado atuante nascido em 31/10/1942, em Santo Angelo/RS, veio para Rio Negro em junho de 1973, quando da instalação do 5º RCC, permanecendo como militar na ativa até 1976.
 
Foi candidato se elegendo Vereador de Rio Negro, sendo ainda Vereador por mais duas legislaturas.
 
Ainda na parte política também foi eleito como Vice Prefeito de Rio Negro.
 
Militar da reserva, Advogado, Produtor Rural, também foi Professor em Rio Negro.
 
Dr. Valmor atuante em toda a sociedade Rionegrense em vários setores: Participa do Lions Clube Internacional de Rio Negro, onde já o presidiu por duas oportunidades. Foi  patrão do CTG Rincão da Saudade de Rio Negro. Participou do Grupo Escoteiro Falcão Negro; Membro da Loja Maçônica Fé e Trabalho de Rio Negro; Foi Presidente da OAB-PR Subseção de Rio Negro por duas gestões, como também participou de inúmeras diretorias de diversas entidades na cidade. Foi professor nos colégios Agrícola Lysímaco Ferreira da Costa, em Rio "Rio Negro e Barão de Antonina, em Mafra.
 
O sepultamento se dará nesta sexta-feira, 29. A família não comunicou o horário.