Cidadão Repórter

(47)997532591
Mafra(SC), Domingo, 29 de Novembro de 2020 - 04:06
31/10/2020 as 00:56 | Por Redação | 353
Ministro da Saúde é internado depois de tomar cloroquina e dizer que estava zero bala
Diagnosticado com covid-19 há cerca de nove dias, o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello
Fotografo: divulgação
Eduardo Pazuello.sbcsul.31.10.20

Diagnosticado com covid-19 há cerca de nove dias, o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, foi internado em um hospital particular na noite desta sexta-feira (30) em Brasília, após apresentar um quadro de desidratação.

 

Pazuello estava cumprindo isolamento em um hotel de trânsito dos oficiais do Setor Militar Urbano e sentiu febre e dor de cabeça.

De acordo com uma nota divulgada pelo Ministério da Saúde, o ministro compareceu ao hospital pra se submeter a exames de acompanhamento do tratamento da Covid-19.

“O procedimento faz parte da conduta praticada pela equipe médica do ministro. Pazuello permanece na unidade de saúde para hidratação e acompanhamento médico e deve ser liberado em breve”, diz o comunicado.

Um dia após ser diagnosticado com covid-19, o ministro recebeu a visita do presidente Jair Bolsonaro, em um encontro para amenizar o desentendimento que os dois tiveram em relação ao protocolo de intenção de compra da vacina chinesa CoronaVac, assinado pelo ministro.

No encontro, Pazuello afirmou que havia começado a tomar os remédios sem comprovação científica de eficácia contra a covid-19, como a hidroxicloroquina, annita e azitromicina.

“Comecei a tomar hidroxicloroquina e annita, e a azitromicina na quarta-feira”, disse durante transmissão ao vivo nas redes sociais. Bolsonaro então destacou que o chefe da Saúde é a “prova” de que os medicamentos funcionam, mesmo que não haja evidências científicas disso. O ministro concordou e disse que naquela manhã havia acordado “zero bala”.

 

Fonte IstoÈ




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil