Fotografo: divulgação
...
Rua comercial de Mafra-sbcsul.21.07.20

Contribuindo com a recuperação econômica e fortalecendo os Microempreendedores Individuais (MEIs) em meio à pandemia, o Programa Juro Zero, coordenado pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDE) bateu recorde mais uma vez e concedeu mais de R$ 6,1 milhões em maio, em 1.445 operações. O programa teve o crédito ampliado para R$ 5 mil.

Nos meses de abril e maio deste ano, foram quase 3 mil operações, somando mais de R$ 11 milhões em investimentos. Um aumento de 42% no valor disponibilizado e de 27% no número de operações, comparado com o mesmo período de 2019. Ao todo, o estado catarinense conta com mais de 447 mil MEIs.

“Somos instrumentos nesta grande engrenagem que trabalha em conjunto com o setor produtivo e em prol do desenvolvimento do nosso Estado. Programas como o Juro Zero abrem oportunidades aos trabalhadores que acordam cedo e dormem tarde. Nosso papel é fortalecer políticas de estado perenes que tragam resultados e alternativas aos empreendedores que fazem a roda da economia girar, promovendo uma espiral de prosperidade, esperança e confiança”, enfatiza o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Rogério Siqueira.

Nove anos apoiando o MEI

Desde quando foi lançado em 2011, o programa Juro Zero já concedeu em crédito mais de R$ 297 milhões, movimentando diretamente cerca de R$ 340 milhões na economia de Santa Catarina. Entre as cidades que lideram o ranking de operações estão, Florianópolis, Joinville, Chapecó, Blumenau e São José.

Já quanto às atividades econômicas, o comércio varejista de artigos do vestuário e acessórios lidera a busca pelo empréstimo (+ de 13 mil operações). Seguido por obras de alvenaria (+ de 6 mil); cabeleireiros (+ de 3.700) e finalizando com as manicure e pedicure (+ de 3.500).

Para a diretora de Empreendedorismo e Competitividade da SDE, Letícia Lemos, mesmo em meio à pandemia, Santa Catarina demonstra ter muitas oportunidades para quem quer desenvolver o seu negócio.

“Nosso estado tem uma característica empreendedora e um povo resiliente. O programa Juro Zero, que está presente em 100% das regiões, se tornou um grande aliado para contribuir com o MEIs”, finaliza a diretora.

Operacionalizado pelo Badesc, o Programa Juro Zero conta ainda com parceria da Associação das Instituições de Microcrédito e Microfinanças da Região Sul do Brasil (Amcred/SC) e do Sicoob - Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil.

O Programa

Pode participar do Programa Juro Zero, o MEI formalizado. O empreendedor que fizer a adesão possui acesso a uma linha de crédito de até R$ 5 mil, que pode ser pago em oito parcelas. Quitando as sete primeiras, a última é paga pelo Estado.

Sendo que, cada CNPJ, tem o direito a realizar até duas operações, que estão sujeitas à análise de crédito, operadas por instituições de microcrédito presentes em todas as regiões de Santa Catarina (OSCIPs).