Fotografo: divulgação
...
Messi - sbcsul-30-3-20

Devido a crise causada pelo coronavírus, o time catalão teve que reduzir os salários dos atletas. Após alguns dias de negociações, o plantel aceitou que 70% dos vencimentos ficassem retidos, em prol de que as finanças do clube fossem beneficiadas. Para isso, a influência do camisa 10 foi crucial para que seus companheiros aceitassem a proposta da diretoria.
 
Diante disso, o diário “L’Equipe” estampou Messi na capa da sua edição desta terça-feira (31). Porém, a figura do argentino foi associada a Ernesto Che Guevara, compatriota do craque, e que passou a maior parte da sua vida atuando como guerrilheiro.
 
Além disso, a figura de revolucionário também esteve presente durante seus anos de luta na América do Sul. A comparação se deu pelo jogador não priorizar os ganhos no momento em que o mundo atravessa uma crise por conta do coronavírus.