Cidadão Repórter

(47)997532591
Mafra(SC), Domingo, 29 de Novembro de 2020 - 04:09
13/11/2020 as 00:49 | Por Sinval Campelo | 494
Jorginho Mello queria Adriana Dornelles candidata a prefeita de Mafra pelo 22
Saiba como a velha política pretendia derrubar a Dornelles dentro do PL
Fotografo: divulgaçao
Adriana Dornelles-sbcsul.13.11.20

...É ou não é...tem coisas que não dá para esquecer e é sempre bom relembrar, como o que aconteceu dia 23 de novembro de 2019, quando o senador Jorginho Mello (PL-22) num domingo em Canoinhas, toma uma decisão e não foi respeitado pela direção do partido de Mafra. Jorginho Mello queria a advogada Adriana Dornelles para ser candidata a prefeita de Mafra, pelo 22. Nem o padre Sidnei Marcelino e nem Edenilson Schelbauer eram os preferidos do senador do PL e sim Adriana Dornelles.

 

E o que deu errado e Adriana não está no PL ? bom, começamos lembrando que o senador Jorginho Mello estava estruturando o partido na região em 2019 e ele convidou a advogada Dornelles para estar com ele num café da manhã em Canoinhas, onde a tarde se reuniria com lideranças do PL na região. E lá Adriana expôs que só aceitaria ir para o PL se a direção do partido desse a ela carta branca para fazer o que bem quisesse. Jorginho ficou pensativo e não deu resposta à ela de imediato, mas a tarde chamou a direção do PL e disse : tragam essa advogada que foi candidata a federal para ser nossa candidata a prefeita em Mafra.

 

A direção do PL de Mafra hesitou em atender o pedido do Senador e o tema foi debatido com lideranças politicas do PL de Mafra. E sob o regime da velha politica, o então vereador Schelbauer, com os dois pés no PL, mas ainda filiado no PSB, pilhou a direção do PL de Mafra para filiar Adriana Dornelles no 22, uma vez que ela estava procurando uma sigla para concorrer a prefeita nos moldes que ela havia proposto. Porém, a intenção de Schelbauer era filiar a advogada de Mafra e depois, na convenção do PL barrar sua candidatura ou abrir a vaga de vice para a Dornelles, sendo que ele a qualquer custo, seria o candidato a prefeito do 22.

 

Adriana Dornelles esperou uma decisão do PL sem ir atrás do Senador, provavelmente nem sabia que ela era a preferida de Jorginho Mello. O PL de Mafra optou por não convidar a advogada temendo que uma “leoa no ninho” iria trazer divisões e diferente do que Schelbauer pensava, que no 22 seria fácil barrar as intenções da advogada, o diretório municipal do PL entendeu que poderia ser “uma faca de dois gumes”. E Jorginho Mello foi informado pelo diretório de Mafra de que Adriana não havia aceitado o convite do 22.

 

Adriana Dornelles se filiou ao PSDB em 19 de dezembro de 2019.




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil