Fotografo: divulgação
...
Suspenso...sbcsul-19-03-20

É ou não é...em tempos de coronavírus, jacaré nada de costas...e o senador Jorginho Mello (PL) já demonstrou que sabe onde pisa e é um cara de sorte, desde  a campanha para senador em 2018, quando não estava entre os favoritos para ocupar cadeira de senador pelo estado de Santa Catarina e na última semana antes da eleição no primeiro turno , Jorginho Mello abre a boca, estufa o pulmão e diz - Eu Sou Bolsonaro, sempre fui, meu amigo de plenário na Câmara ! e se elegeu.

 

Desta vez, ele foi integrante da comitiva do presidente Jair Bolsonaro que viajou aos Estados Unidos.  14 casos confirmados de contaminação pelo coronavírus e o senador catarinense obteve resultados negativos para prova e contraprova de todos os  testes.

 

Jorginho teria compromisso em Mafra, dia 27 de março, na sexta-feira. Ele viria oficializar a filiação do padre Sidnei Marcelino e do vereador Edenilson Scherlbauer e mais outras cinco lideranças  ao PL, as quais são dissidentes do PSL. Na imprensa estadual, Jorginho comenta que o PL deve eleger prefeito em Joinville, Blumenau e Criciúma, quanto a Florianópolis desconversa e Mafra nem citou.