Fotografo: divulgação
...
IPMM-27-11-19

O presidente do Instituto de Previdência do Município de Mafra, (IPMM), Carlos Senff, confirmou a denúncia feita pelo vereador Dimas Humenhuck durante sessão da Câmara de Vereadores de segunda-feira, 25. Dimas disse que o IPMM havia sido vítima de hacker e que havia subtraído da conta do Instituto valor de R$ 900 mil reais.   Na terça-feira, Senff se apressou para divulgar nota à imprensa afirmando que o IPMM havia sido alvo de hacker na sexta-feira, 22,

 

Segundo Carlos Senff,  a invasão foi identificada pela área de segurança do Banco do Brasil e comunicada à ele. O valor total do desvio foi de R$ 99.871,00 da conta do instituto. A conta em que esse montante foi parar não foi revelado pelo Instituto e nem pelo Banco

Um boletim de ocorrência foi registrado na Polícia Civil de Mafra e as pessoas envolvidas no desvio de dinheiro já têm sua prévia identificação de conhecimento por parte da polícia.

 

Como medida de segurança, em conjunto com a Prefeitura, todas as senhas de acesso do instituto foram trocadas, todos  computadores foram formatados e o sistema de antivírus atualizado.

 

CPI

O vereador Abel Bicheski (Bello) disse que iria pedir abertura de uma CPI para apurar este fato de hacker desviar dinheiro do IPMM. O vereador lançou a suspeita que poderia não ser a primeira vez que dinheiro do Instituto tivesse sido transferido para uma conta indevida (laranja).