Fotografo: divulgação
...
Festa do Covid-19.sbcsul.29.06.20

O que está acontecendo em algumas cidades dos EUA começa a ser colocado em prática em Rio Negro (Paraná) . As "festas da Covid-19",  estão sendo organizadas com o objetivo de propagar o vírus entre os participantes intencionalmente e supostamente, imunizá-los. O público-alvo é o jovem, que está sendo motivado através das redes sociais, a participar e ser contaminado por alguém que esteja com o vírus.  
 
O alerta ainda não foi dado pelas autoridades municipais de Rio Negro (PR) e Mafra (SC)  para o risco destas festas de finais de semana, as quais estão colocando as pessoas em perigo e aumentando o número de hospitalizações e mortes.  
 
Internautas também apontam o número crescente de casos registrados resultado de contaminações ocorridas nestas festas, que reúne pessoas com o vírus e outras que querem ficar doentes de propósito, porque no entendimento delas, só assim vão ficar imunizadas. 
 
 
As informações foram repassadas ao SBCSul por uma mãe de um jovem internauta,o qual diz ter participado desse tipo de chamamento. Não houve retorno da secretária de Saúde de Rio Negro, Simone Gondro, sobre essa polêmica envolvendo jovens e o Covid-19. 
 
 
Contaminação em RioMafra
 
Em Mafra, 53  casos suspeitos de coronavírus em analise, 7 confirmados. Três novos casos confirmados: um paciente masculino de 34 anos e duas pacientes femininas, de 31 e 40 anos,. Todos em acompanhamento domiciliar.  
 
Em Rio Negro, tem sete novos casos. Cinco são homens de 57, 47, 46, 28 e 28 anos, respectivamente. Duas mulheres de 54 e 51 anos. O homem de 46 anos está  intubado  em uma Unidade de Terapia Intensiva-UTI no Hospital Evangélico de Curitiba. Os restantes recebem monitoramento em suas residências.