Fotografo: divulgação
...
JBS pedra fundamental-sbcsul.8.7.20

Na data desta quarta-feira, 8, durante o lançamento da pedra fundamental da JBS no município de Mafra, o governador Carlos Moisés (PSL) acompanhou o evento através da internet porque se encontra no isolamento por causa da Covid-19. Com chimarrão na mão  e aspecto de quem está superando a doença, Moisés chegou a fazer uma comparação entre a JBS que se instala em Mafra, com a empresa Berneck que tem previsão de começar a produzir laminados a partir de janeiro de 2021, no município de Lages.   
 
 
-Com um investimento de R$ 180 milhões, a usina da JBS em Mafra deve ser inaugurada em junho de 2021 e irá gerar aproximadamente 500 empregos diretos e indiretos quando estiver em pleno funcionamento. Em termos de geração de empregos essa unidade da JBS equivale àquilo que representa a planta industrial da Berneck quando instalada em Lages - comparou Moisés a respeito dos dois empreendimentos.
 
 
Acontece que a JBS inaugura uma usina de biodiesel em Mafra, enquanto a Berneck tem segmento diferente. E a empresa de Lages vai gerar de forma direta 350 empregos e a JBS cerca de 500, contando diretos e indiretos. O investimento da JBS em Mafra está estimado em R$ 180 milhões e Lages vai receber investimento de R$ 850 milhões da Berneck.
 
 
No dia que deveria ser de comentários sobre o evento da JBS em Mafra, em nível estadual, acabou sendo de destaque para a empresa Berneck, depois dos comentários do governador Moisés enaltecendo o investimento de maior vulto que será inaugurado em Lages. 
 
 
Os comentários nos bastidores da imprensa de Florianópolis na tarde desta quarta foi de que, a JBS era algo assim do tipo uma Berneck...embora com parâmetros menores! 
 
JBS BIODIESEL EM MAFRA
 
O presidente da JBS América do Sul, Wesley Batista Filho, esteve presente em Mafra para o lançamento da pedra fundamental e destacou a importância de Santa Catarina para a empresa, onde tem quase 20 mil colaboradores. Ele destacou que a escolha do local levou em consideração a parceria já existente com o Governo do Estado e acrescentou que a unidade duplicará a produção de biodiesel da JBS hoje no Brasil. Assim, será capaz de produzir até 1 milhão de litros de biodiesel por dia.
 
O prefeito Wellington Bielecki, estava radiante com o lançamento da pedra fundamental da JBS em Mafra e ele disse que o município apartir de agora começa a se lançar no mundo do agronegócio. 
 
-Esse marco é um divisor na nossa economia. A população está muito preocupada com o momento atual, diante de uma fragilidade na economia e saúde pública mundial. Mesmo neste cenário, a família JBS acreditou em nosso município e esse investimento trará esperança para toda a população que anseia por dias melhores e novas oportunidade de emprego e renda, disse o prefeito.
 
 
 
BERNECK EM LAGES
 
 
A Berneck é uma empresa brasileira com quase 70 anos de história. Especializada em painéis MDP, MDF e HDF, além de Pinus e Teca serrados. A nova fábrica de MDF e Serrados, tem previsão  para ser inaugurada em janeiro de 2021, no município de Lages (SC).
 
Com um investimento próximo de R$ 850 milhões, a expectativa é que a nova unidade gere até 350 empregos diretos, além de beneficiar toda a economia local. As outras plantas fabris do grupo estão localizadas em Curitibanos (SC) e Araucária (PR).
 
A fábrica de Lages, localizada às margens da BR 116, terá capacidade de produzir 570 mil metros cúbicos de MDF por ano, sem revestimento melamínico. O foco é atender indústrias de móveis, construção civil, segmento automotivo, eletrônica e embalagens. O parque fabril também terá capacidade de produzir outros 450 mil metros cúbicos de serrados por ano.