Cidadão Repórter

(47)997532591
Mafra(SC), Quarta-Feira, 20 de Janeiro de 2021 - 22:45
14/12/2020 as 16:04 | Por O Torcedor | 227
Dirigente do Flamengo se defende:não chamei juiz de fdp
‘Tá de sacanagem’, ‘Foi falta, seu arrombado’, ‘.. filho da p..- e o arbitro denunciou xingamentos
Fotografo: divulgaçao
Marcos Braz-sbcsul.14.12.20

Na súmula de Flamengo x Santos,  Paulo Roberto Alves Junior relatou que foi alvo de xingamentos por parte de dirigentes do Rubro-Negro. Sendo assim,  Rodolfo Landim, Marcos Braz e Cacau Cotta foram mencionados do documento, já que teriam disparado palavras de baixo calão contra o árbitro da partida

 

“Aos 35′ minutos do 1º tempo, a equipe de arbitragem ouviu insultos vindos da arquibancada, na área onde se encontravam os seguintes dirigentes da equipe do C.R. Flamengo: Sr. Rodolfo Landim, Sr. Marcos Braz e Sr. Cacau Cotta, havia outros dirigentes, os quais não foi possível identificar. Foram proferidas as seguintes palavras: ‘Tá de sacanagem’, ‘Foi falta, seu arrombado’, ‘Apita essa p… direito, filho da p..’.”, informou o árbitro.

 

Diante disso, Marcos Braz se manifestou nas redes sociais. Dessa forma, o vice-presidente de futebol do Flamengo afirmou que não assistiu ao jogo com os demais companheiros de diretoria. Portanto, acredita que foi confundido, e ainda brincou sobre o dirigente “berrão” que disparou contra o juiz. Agora, resta saber se o trio será denunciado por conta da conduta. "Infelizmente me confundiram no estádio. Não assisto os jogos com os companheiros de diretoria que foram relatados na súmula . E claro, não vou ‘dedurar ‘ o diretor que tem um berro invejável”, escreveu.




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil