Fotografo: divulgação
...
Restaurante Madero-sbcsul-17-05-20

Depois de um entrevista à rádio BandNews, não muito feliz por parte do empresário curitibano Júnior Durski, dono da rede de restaurantes Madero, uma avalanche de internautas detonaram o empreário nas redes sociais e desejaram sua falência. A entrevista foi no sábado, 16 e Durski se dizia surpreso com a queda nas vendas e mesmo com a reabertura do comércio de forma lenta, esperava um incremento a mais no faturamento na volta às atividades comerciais.   
 
Destaque:
Donisete Nepumecedo -Depois de falar um monte de merd@...e despedir 600 fucionarios...queria o que.
Leni Dias Fabri -" A humanidade não deu certo..."- Flávio Migliaccio- A terra é redonda, a prova aí está. TOMA!
José Guimarães- Infeliz a afirmação do empresário.
Davineh Leite -Que vá a falência...
 
Em forma de indignação, no dia 23 de março, ele publicou um vídeo polêmico, quando começaram as quarentenas pelo Brasil. Durski se manifestou nas redes sociais em apoio ao presidente Jair Bolsonaro e disse que o país não poderia parar por causa de 5 mil ou 7 mil mortes que seriam causadas pelo coronavírus. Atualmente, o Ministério da Saúde registra 15 mil mortes.
 
-Vamos chorar cada uma dessas pessoas que morrerem com o coronavírus. Mas não podemos (parar) por conta de 5 mil ou 7 mil pessoas, dizia ele em março e foi mais além, falou que não demitiria funcionários e na semana seguinte demitiu 600.