Fotografo: divulgação
...
Reprodução -sbcsul-14-4-20

Uma terapeuta do estado de Utah, nos Estados Unidos, fez uma máscara com pênis muito fofinhos, desenhados no equipamento usado para evitar a propagação do novo coronavírus. A peça viralizou e Mindy no Twitter. "Minhas máscaras chegaram! Contemplem! Eu vesti essa daqui hoje para ir ao Wallmart e Petco [rede de petshop]. Quando alguém me diz que a minha máscara tem pênis desenhados nela, eu irei gentilmente informá-las que é maneira que encontrei para determinar se uma pessoa está perto de mais. Gentilmente, digo: 'saia daqui, p****", escreveu no Twitter.

 

A publicação teve centenas de compartilhamentos e curtidas na rede social. Em entrevista para Universa, Mindy disse que está há um mês em isolamenteo social com a filha de 10 e o filho de 19. A saída é só para ir ao supermercado. Os dois filhos também ganharam as máscaras. "A parte interna da máscara é preta, então eles não precisam usar a mascara com pênis caso não queiram", brinca. Mindy é fundadora de uma organização de redução de danos que ajuda populações vulneráveis que são vítimas do uso excessivo de drogas em Utah. Com o sucesso, as máscaras foram revendidas para acumular dinheiro para a associação.

 

Segundo ela, até agora foram arrecadados 50 mil dólares, equivalente a cerca de 260 mil reais. A associação também vai doar máscaras — não a de pênis! — para pessoas em situação de rua. Número de mortes nos Estados Unidos por covid-19 são maiores do mundo.

 

Os Estados Unidos vivem um drama peculiar em relação à covid-19. Mais de 20 mil americanos morreram desde o início do surto do novo coronavírus, colocando o país na dianteira mundial em número de mortes causados pelo vírus. Em tempos tão difíceis, Mindy acredita que um pouquinho de humor pode ajudar a aliviar a pressão. "Humor e amor são as respostas para qualquer coisa. O bom humor é um mecanismo de defesa e nós conhecemos muitas pessoas que precisam de um pouco dele para iluminar o dia", conclui.

 

 

Fonte Uol Notícias