Fotografo: Gaúcho
...
Cleber Adriano Maurer-sbcsul-24-05-20

Cleber Adriano Maurer 28 anos natural da Lapa(PR) reside na cidade vizinha Rio Negro cedeu entrevista ao repórter esportivo Gaúcho e contou um pouco da sua história no futebol de Riomafra e Região.  

Cleber, chama a atenção e se destaca pela boa estatura e bom jogo aéreo. Os 1,80 m só são intimidadores quando ele entra em campo, comandando a defesa, zagueiro corou vários títulos na temporada de 2006 a 2019.   

Cleber comentou na entrevista que o melhor técnico que me ensinou muito foi o professor Eduardo Pedro Martins da SMEL de Rio Negro um professor diferenciado com treinamentos de alto nível. Talvez na época não fosse tão importante, mas com o passar dos anos fui evoluindo tenho muito agradecer a ele.

Quais os seus ídolos no esporte- No futebol Gamarra por passar uma Copa do Mundo sem fazer faltas e Ayrton Senna.

Títulos.

Campeão em 2006 e 2010 da Liga Desportiva da Amsulep

Campeão do Municipal de Futebol de Campo de Rio Negro 2011 pela Máfia do Juventus

Campeão dos jogos Olimblind de 2012 futebol de campo, disputado em Ponta Grossa no 3 RCC.

Campeão do Campeonato Intermunicipal de Futebol Society de 2013 pela equipe da Alvorada de Rio Negro.

Bicampeão com a FME de Rio Negro da Copa Integração Metropolitana de Futebol 2014 e 2015.

Campeão da Copa Planeta Couro de Papanduva em 2015 pela a equipe do Pega Fogo de Papanduva.

Campeão em 2016 da Feticom de futebol suíço em Joaçaba pelo Sindicato dos Trabalhadores de Mafra.

Bicampeão Municipal de Futebol de Campo de Mafra de 2015 e 2017 pela equipe do Butuca.

Bicampeão do Municipal de Futebol de Campo de Rio Negro de 2016 e 2018 pela equipe do Retiro. 

Tricampeão da Copas das Associações de Futebol Suíço em 2016 e 2018 pelo Retiro e 2019 pela a equipe da Amovipa.

Campeão do Campeonato Municipal de Futebol de Campo 2019 pela a equipe do Coeio Lavacar e fui eleito o melhor zagueiro central da competição.

Além de vários torneios em Riomafra fui campeão, joguei campeonato da Lapa, o intermunicipal pela Máfia do Juventus representando o município de Rio Negro, com as equipes de alto nível de Curitiba, mas não tive a mesma sorte fomos desclassificados.