Cidadão Repórter

(47)997532591
Mafra(SC), Domingo, 29 de Novembro de 2020 - 05:01
18/10/2020 as 20:21 | Por Sinval Campelo | 368
Claudia Buss diz ser importante os vereadores explicarem para eleitores os limites do mandato
Bolo de aniversário, tickt para combustível e pedidos de pagamento de passagens interestaduais, pedidos do eleitor
Fotografo: divulgação
Câmara de Mafra-sbcsul.18.10.20

Além dos pedidos de emprego, que representam mais da metade das demandas recebidas pelos vereadores, eles recebem diariamente centenas de mensagens pelo WhatsApp ou pelo Messenger, aplicativo de mensagem do Facebook, pedindo soluções para os mais diversos problemas. As demandas por problemas com demora nas consultas  em ambulatórios – que ou não estão passando no horário certo ou sendo remarcados para data muito extensa – e os buracos nas ruas são os mais comuns. No entanto, aparecem também alguns pedidos curiosos.

 

 Vereador mafrense que não quis se identificar, disse estar sendo cobrando dele a poda de mato enfrente de casas e a conclusão de obras não finalizadas pela prefeitura. Também cita pedidos de compra de bolo de aniversário, tickt para combustível  e pedidos de pagamento de passagens interestaduais.

 

-As demandas são variadas e muitos mafrenses me mandam vídeos e pedem ajuda. Recebi uma sobre uma rua que está praticamente fechada no Bairro Vila Ivete, em péssimas condições, outra denunciando uma obra inacabada na Vila Nova e sobre essas questões a gente tem como dar uma resposta ao munícipe, porque há indicação de melhorias e reparos, mas os pedidos são muitos – diz o Vereador.

 

Os vereadores admitem que têm atuação limitada diante de tantas demandas específicas, mas a maioria procura encaminhar ofícios para as secretarias municipais pedindo uma solução para a prefeitura. “O que podemos fazer é cobrar uma solução da prefeitura e acompanhar o que o poder público está fazendo para solucionar o problema”, explica o vereador que prefere não se identificar.

 

Já para a vereadora Claudia Buss (MDB) é importante que os vereadores expliquem para as pessoas os limites do mandato no Legislativo.

 

-Temos recebido a maior parte das demandas dos movimentos de classes organizados, que já atuam com uma consciência política e já construíram uma pauta de lutas, como é o caso de organizações e ONGs que lutam pelo direito das mulheres e dos servidores públicos. Agora tem muitos casos de procura também para sanar problemas particulares, com pessoas pedindo empregos.

-

Precisamos procurar  dar uma resposta individualizada e informar sobre o que podemos fazer como vereadores que somos”, diz Claudia.

 

A vereadora tem o apoio em seu pronunciamento, dos vereadores Valdir Sokolski (PSD), José Marcos Witt (PDT), Vande da Farmácia e Cirineu Correa, os quais dizem estar procurando desde o início da legislatura em 2017, atender as demandas da população encaminhando requerimentos e solicitações ao Executivo, e fiscalizando o cumprimento.




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil