Cidadão Repórter

(47)997532591
Mafra(SC), Domingo, 29 de Novembro de 2020 - 04:21
09/11/2020 as 14:49 | Por Redação | 442
Alerta em Mafra; Sintoma gripal procurar imediatamente Unidade Covid-19, anexa à UPA
Depois de 70 dias sem registro, Mafra volta a ter números alarmantes
Fotografo: divulgação
UTI do Covid-19-sbcsul.09.11.20

A região do Planalto Norte, após ser classificada, na semana passada, como de risco Alto (amarelo) na Matriz de Risco Potencial do governo do Estado, voltou ao risco Grave (laranja) nesta semana.

 

Por este motivo, e diante do aumento de casos, a Secretaria de Saúde voltou a salientar a importância das medidas de prevenção para evitar o contágio do novo coronavírus. “Estas medidas incluem o uso de máscaras, atenção ao distanciamento e a higienização das mãos com álcool gel ou a lavagem frequente com água e sabão”, destacou a secretária de Saúde Jaqueline Previatti Veiga.

 

Os casos vêm aumentando no município, que apresentou no mês de outubro uma média de 4,6 novos casos por dia. Em menos de uma semana, do dia 30 de outubro até o dia 05 de novembro, foram 48 novos casos. “Esta situação deixa o município em alerta porque a região do Planalto Norte voltou ao nível grave e isso se dá por conta do aumento dos casos e do registro de óbitos em toda a região. Nós seguimos em momento de pandemia e não podemos relaxar nas medidas de prevenção. Em nosso boletim do dia 05 de novembro apresentamos 579 casos registrados no município, o que equivale a 1% de nossa população. E depois de 70 dias sem registro, tivemos nesta semana mais um óbito em Mafra decorrente de complicações da Covid-19”, destacou a secretária.

 

Jaqueline também destacou que, assim que forem apresentados os primeiros sinais e sintomas correlacionados à Covid-19 ou à sintomatologia gripal, as pessoas devem procurar precocemente a Unidade Covid-19, que fica anexa à UPA. “Assim podemos tratar e monitorar os nossos pacientes precocemente e evitar internamentos e o agravamento de casos em nosso município”, enfatizou a secretária.

 

Prevenção

A população, junto ao poder público, tem papel fundamental no que tange a evitar a transmissão da Covid-19. Siga as principais medidas não-farmacológicas e evite sua contaminação e a de outras pessoas, barrando a propagação de doenças.

- Use máscara;

- Use água e sabão nas mãos e antebraços para higienização – lave-os por pelo menos 20 segundos;

- Use álcool gel 70% para higienizar as mãos quando não poder lavá-las;

- Respeite o distanciamento social – no mínimo 1,5 metro;

- Evite aglomerações;

- Siga as recomendações das portarias, resoluções e decretos estaduais, regionais e municipais.

 

 

 




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil